Para Sempre Assim

Durante o ano de 1998, João Lemos e eu, queríamos fazer um filme mas estávamos sem condições de bancar lata, revelação e tudo mais. Depois de assistir ao La Jetée (curta do cineasta Chris Marker que inspirou: “Os Doze Macacos”) surgiu a idéia: voltar para o princípio do cinema e fazer um filme de animação de fotos. O mais legal de tudo foi poder eleborar o ritmo da atuação na pós-produção. Grande experiência.

direção: João Lemos e Róger Carlomagno
gênero: Ficção
duração: 7 min
ano: 2001

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: